Escola de Musica Improviso

Professores de Guitarra Eléctrica

 


Luís Moreno

 

Luis Moreno

Apesar de nos dois primeiros anos não ter tido uma guitarra própria, isso não o desencorajou, pois pedia sempre que podia uma guitarra emprestada aos amigos. Aos dezassete então, comprou a sua primeira guitarra em décima mão, e nesse mesmo ano formou a sua primeira banda os E.T.C. A partir dai passou por várias bandas sempre de originais, com músicos locais e de escola, até que em 1986 entrou para uma banda ( Doutores & Engenheiros ) em que substituiria o guitarrista . Mais dois anos se passaram em várias garagens e sótãos ensaiando sempre novos temas até que surgiu o primeiro contrato com a Edisom em 1988 .
Nesse ano sai o primeiro álbum," Doutores & Engenheiros " , que foi produzido por Manuel Cardoso, ( Ex. Tantra ) e em 1989, sai o segundo álbum "Lavagem de estrada" , desta vez assumindo o cargo de produtor pela primeira vez. A partir de 1990, com o rompimento da banda, tornou-se músico free lancer tendo acompanhado artistas nacionais tão variados como: Adelaide Ferreira, Mafalda Veiga, Marco Paulo, Nucha, José Reza, Paulo Gonzo, Chiquita, Luis Filipe Neves, João Marcelo, Fernando Pereira, T.C., João Portugal . Tornou-se evidente que uma das qualidades que mais aprecia é a versatilidade e a capacidade de adaptação a estilos tão variados como o Pop, Heavy metal, Musica popular, Blues, Fusão Country, Dance Music, Funk, ou Jazz.

Esta diversidade de estilos acabaria por influenciar os seus futuros trabalhos tanto a solo, assim como produtor. Isto pode ser constatado na colectânea " Guitarristas " , onde o factor comercial não foi tido em linha de conta, podendo encontra-se alguns dos melhores guitarristas nacionais no seu verdadeiro ambiente. Naturalmente que em todo o tempo decorrido desde a sua primeira banda até aos dias de hoje, já percorreu o pais várias vezes, perfazendo mais de 1500 actuações ao vivo tanto, em bares, como em espectáculos ditos grandes.

Foi colaborador na revista PROMUSICA (2 anos) e do Jornal BLITZ (3 anos), contribuindo com aulas de guitarra e testes a material relacionado com a actividade.

Fez também parte da banda residente de alguns programas de TV tais como "Eu tenho dois amores" e " Última chance"

A sua formação iniciou-se no Hot Club entre os anos de 1981 até 1983, prosseguindo os estudos com professores privados e participando em inúmeras Workshops e Masterclass.

Como Produtor produziu (ou como Eng. de Som); Doutores & Eng. Master Ji, Miguel Amado, Pedro Madaleno, Praga, TreeBoot, Nova Cruzada.

Participou também no Tributo a Shawn Lane II.

Algum do trabalho didáctico disponibilizado por Luís Moreno pode ser consultado no site www.luismoreno.com ou no Youtube onde mais de meio milhão de cibernautas já visionaram 19 dos mais de 60 vídeos-aula disponíveis.

Contribuiu com três temas para a banda sonora do filme “Pesadelo Cor de Rosa” com Catarina Furtado e Diogo Infante.

Em Setembro de 2008 saiu a transcrição da sua versão de “The Flight of The Bumblee Bee” na reputada revista GUITARWORLD.

Actualmente é membro das bandas “Plano B” e “G5”

Site Luis Moreno

 


Ricardo Barriga

 

Ricardo Barriga

Ricardo Barriga iniciou os seus estudos com 15 anos na Escola de Música Crescendo em S.João do Estoril, tendo aulas de guitarra eléctrica com Luiz Arantes, e Combo e Formação Musical com Vasco Mendonça.

Aos 18 anos começou a estudar na Escola de Jazz Hot Club de Portugal, na qual estudou com professores como Pedro Madaleno, Nuno Ferreira, Vasco Agostinho, André Fernandes, Pedro Moreira e João Moreira. Ao mesmo tempo que estuda guitarra no Hot Club, foi aceite no Conservatório Nacional em Lisboa e estudou Trombone com o Prof. Hermegildo Campos.

Ainda em Portugal frequentou os 3 primeiros Workshops de música de Cascais nos anos 1999, 2000 e 2001 e entre várias bandas em que toca destacam-se a gravação de uma música com a banda " Micky Eight " numa compilação chamada "El Cartel", e um EP " Sorry Sorry Songs " com a banda Summer Of Damien. Com estas duas bandas fez concertos por todo o país fazendo de banda suporte a bandas como Primitive Reason e a banda Americana Shelter.

Quando finalizou o curso Hot Club e termina o 3 º Grau de Trombone no Conservatório Nacional decide aprofundar os seus estudos na area do Jazz e Música improvisada, indo viver para Den Haag na Holanda e estudar no Royal Conservatoire, onde tirou a Licenciatura em Guitarra Jazz, Performance e Ensino. Aqui teve aulas com Martijn Van Iterson, Wim Bronnenberg, Eef Albers, Peter Nieuwerf e Hein van de Geyn.

Durante a sua estadia pelos Países Baixos frequentou Masteclasses com Kurt Rosenwinkel, Billy Hart, Christoph Cech e Harry Sokal. Teve aulas particulares com os guitarristas Frank Mobus e Mário Delgado.

No regresso a Portugal , em 2007 grava o Cd de estreia da banda Mister Malone e o EP “ Cast the way”  dos Primitive Reason.

Actualmente toca com vários projectos seus na área da música improvisada: Trisonte, Soupe Du Jour( banda com membros Portugueses, Irlandeses e Austricos). Na area do rock toca com a banda de versões Boca Doce.

Voltar à Página Inicial

 


Pedro Leónidas

photo2 copy

Pedro Leónidas nasceu a 26 de Junho de 1977 no Rio de Janeiro.

Iniciou os seus estudos de música em 1992 com diversos professores particulares, em variados estilos de guitarra moderna. Estudou no "Hot Club de Portugal", com Mário Delgado, e mais tarde estudou com Jorge Lee a nível particular.

Trabalha em diversas situqações como músico em Casinos, bares, Hoteis, programas de televisão, eventos privados, etc.

Fez parte de diversas iniciativas e workshops para promover a musica improvisada e nomeadamente o jazz, de norte a Sul do país.

Com Vasco Gomes e Nuno Correia, criou os "42jam" um projecto de jazz-fusão, no qual também colaborou com músicos de diversas áreas musicais.

Desde 2002 tem vindo a desenvolver métodos de ensino para musica moderna e improvisação, de forma a tornar o conhecimento teórico mais acessível e intuitivo.

Em 2008, com Tiago Barbosa, Diogo Leónidas e Rui Vasconcellos, formou a banda Casual Attraction, um projecto a duas vozes, inspirado no som dos blues e "vintage rock". Lançaram o 1º LP "At First Sight" em 2009. A reedição do single "So Many Reasons", em 2013, integrou a banda sonora da novela "I Love it" da TVI.

Em 2010, integra a compilação "Guitars from Nowhere", com a participação de outros nomes da guitarra eléctrica nacional.

Em 2010 integra o projecto Let's Jazz, que com Genoveva Faísca na voz, e com uma linguagem jazz-blues, no qual se visita vários clássicos americanos .

Em 2011, cria em parceria com a “Vintage Music Parts”, a marca “Leonidas Amplification”, projectando e construindo durante este período diversos modelos artesanais de amplificadores para guitarra, produzidos em Portugal, recorrendo a tecnicas de construção originais dos anos 50. Esta Iíniciativa entrou num preíodo de suspensão em 2013, fruto da crise atravessada no país.

Em 2012 Trabalhou na composição, gravação, produção e edição do disco “from scratch” dos Casual Attraction. Promoção e divulgação do mesmo trabalho, em diversos concertos, e média. O single deste album "Standing by the Window" integrou a banda sonora da novela "Mundo ao Contrário". "From Scratch" foi considerado pelo "Made in Portugal", como um dos melhores EP's de 2013. Apesar disso, a banda terminou no ínicio de 2014, após a saída de Tiago Barbosa.

Em 2012 forma o projecto Pedro Leónidas & The Hot grooves. Um trio instrumental de Rhythm and Blues, que também conta com a participação ocasional de vozes como Selma Uamusse, Stella Sousa e Ru Vasconcellos.

No final de 2013, começou a trabalhar com Alessio Vellotti (também ex-Casual Attraction) e Celia Ramos, no Projecto Candymoon. Em 2014 Laçaram o primeiro EP "Candymoon". E em 2015, seguiu-se o LP "Storytales".

Video:
https://www.youtube.com/watch?v=xenZaEOIKW8

Save

 

Newsletter




Horário e calendário

Escola de Música Improviso  : Home Professores Guitarra Eléctrica